E não é que pode dar certo!!


Eu quero tanto te amar para sempre e me aterroriza pensar que isso não pode acontecer.
Se eu sempre te compreender, se eu concordar com você direto, se não te incomodar com meu ciúme, se eu parar de te cobrar, se eu desistir de te exigir. E mais, se a gente jamais brigasse?
         Se eu eliminasse a TPM? Se eu sempre sorrir, se eu nunca negar namorar, se eu aprender a cozinhar, seu eu sempre te compreender, se eu nunca te cobrar e se eu jamais errar?
         Sim, sim, sim.
         Esse é o caminho, a estrada colorida que nos levará...
         Nos levará ao triste fim.
         O amor de verdade tem briga, ele é incompreensível, às vezes vou te olhar e achar mais estranho que um estranho. Às vezes vou te abraçar e jamais querer largar. Às vezes vou falar chinês e você alemão, nem sempre vou compreender, sempre vou cobrar atenção, carinho, paixão.
Serei insuportável, irritante, egoísta e apaixonada.
Os anos vão passar e eu vou continuar me perguntando:
Será que vai dar certo?
Você será velhinho e eu vou te olhar do mesmo jeito de agora!
Serei uma velhinha irritante, exigente e loucamente apaixonada.
Você me chamará do mesmo apelido de jovem e eu terei ciúmes quando alguma velhinha assanhada te olhar.
Seremos bobos, ridículos, irritantes e apaixonados.
E antes de dormir, a beira das bodas de ouro eu vou me perguntar:
Será que vai dar certo?



5 comentários:

  1. É assim mesmo que tem que ser!!! Adorei!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns.... Lindo texto!!!

    Rick

    ResponderExcluir
  3. Repetindo oq te disse por email...

    aaaaiiii! Que lindo!!! Me deu até vontade de abraçar alguém! rs

    Bjos

    Mariana

    ResponderExcluir